Consumo

Instituto promoverá ações de sustentabilidade e relação responsável da sociedade com o álcool

O Instituto Diageo investirá R$ 2 milhões em ações

29/04/2019 16:13

O Ceará foi o estado escolhido pela multinacional Diageo, líder mundial na produção de bebidas alcoólicas premium e dona das marcas Ypióca, Smirnoff, Johnnie Walker, Ciroc e Tanqueray, para o lançamento do Instituto Diageo, entidade sem fins lucrativos que promoverá ações nas áreas de educação, capacitação profissional, geração de renda e responsabilidade na relação entre álcool e sociedade. A solenidade, realizada na manhã desta segunda-feira, 29, no Gran Marquise Hotel, contou com as presenças de Gregório Gutierrez, presidente da DIAGEO para a Região PUB, que engloba o Paraguai, Uruguai e Brasil, e da governadora em exercício, Izolda Cela. O Instituto Diageo terá R$ 2 milhões para  investimento social no ano de 2019.

Gregorio Gutierrez, presidente Diageo (Divulgação)

“A Diageo tem longo histórico de investimento social no Brasil, com programas de destaque como o de formação de bartenders e o Programa Ypióca de Artesanato. O lançamento do Instituto Diageo é a evolução desse trabalho, pois profissionaliza, amplia, fortalece e cria novos programas trabalhando em parceria com ONGs e com o setor público”, explica Daniela de Fiori, diretora de Relações Corporativas da Diageo e presidente do Conselho do Instituto Diageo. “Escolhemos o Ceará para este lançamento pela importância estratégica do Estado para as operações da empresa, recebendo assim a maior fatia de recursos do Instituto Diageo”, completa. Segundo Daniela, mais de 20 mil pessoas já foram impactadas no Brasil pelos programas sociais da companhia britânica.

Paulo Mindlin (Divulgação)

No Ceará, o Instituto Diageo fará dois novos importantes investimentos sociais: os projetos Tecendo o Futuro, de valorização do artesanato em palha de carnaúba e capacitação de associações locais de artesãs; e Fala Sério, para conscientização sobre o não consumo de bebidas alcoólicas entre jovens estudantes menores de 18 anos de escolas públicas por meio da arte, bem como uma plataforma de educação online sobre responsabilidade na relação com  bebidas alcoólicas.

O Tecendo o Futuro amplia o programa Ypióca de Artesanato, que teve como resultado a capacitação de artesãs e formalização de associações nas comunidades de Ipaguaçú Mirim, no município de Massapê; de Muquém de São Pedro, em Cariré; e de Curralinho, em Morrinhos. Recentemente, o projeto formalizou também uma associação de artesãs no bairro Conjunto Palmeiras, em Fortaleza. Além disso, o projeto  chega ao Instituto Penal Feminino Desembargadora Auri Moura Costa, em Aquiraz, capacitando as internas para que possam exercer a atividade do artesanato. “Queremos contribuir para transformar a realidade de internas e egressas do sistema penitenciário do Ceará, por meio da capacitação para o ofício do artesanato da palha de carnaúba, resgatando a cidadania e facilitando a ressocialização na condição de egressas”, informa Paulo Mindlin, gerente-executivo do Instituto Diageo. O Tecendo o Futuro conta com a parceria da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) e o objetivo é tornar o Ceará referência em trabalho laboral em presídios.

Em parceria com o Instituto Aliança e a Secretaria da Educação do Estado do Ceará, o programa Fala Sério sensibiliza jovens estudantes sobre a importância do não consumo de álcool por meio da peça de teatro e prevê a estruturação de uma disciplina eletiva sobre consumo indevido do álcool entre menores de 18 anos, abrangendo 60 escolas públicas. “O projeto levará para as escolas de ensino médio de todo o estado uma peça de teatro em situações reais das vidas dos adolescentes, seguida de um debate para reflexão. A meta é impactar mais de 80 mil estudantes cearenses sobre o tema em 2019 ”, finaliza Mindlin.

Essas duas novidades se juntam aos programas já em execução. Entre eles, o Learning for Life que, no Brasil desde o ano 2000, já capacitou mais de 600 jovens de comunidades menos favorecidas no Ceará para exercerem a profissão de bartender. De forma nacional, o programa formou 21 mil pessoas desde o início de sua operação. Já o Glass is Good é um programa pioneiro na logística reversa do vidro, criado pela Diageo em 2010, antes da promulgação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Mais de 27 mil toneladas de vidro já foram encaminhadas à reciclagem nas 10 cidades brasileiras onde o programa atua. Somente no Ceará, desde 2014, o programa reciclou 800 toneladas de vidro e conta com 28 estabelecimentos parceiros.

Durante a solenidade, foram assinados os convênios de parcerias entre o Instituto Diageo e o Governo do Estado do Ceará, através da Seduc e SAP, e também com a Universidade Estadual do Ceará. (Ass. de Imprensa)

Free Download WordPress Themes
Download Premium WordPress Themes Free
Free Download WordPress Themes
Download WordPress Themes
udemy paid course free download
download huawei firmware
Premium WordPress Themes Download
ZG93bmxvYWQgbHluZGEgY291cnNlIGZyZWU=

Veja também: