Artigo

Unindo propósitos pela sustentabilidade

Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de Sustentabilidade e Suprimentos da Cervejaria Ambev na América do Sul

05/04/2019 16:11

Existem rios voadores na troposfera terrestre, a 450m de altitude, e é possível captar água e gerar energia elétrica a partir deles. Sim, parece complexo e quase não dá para acreditar. Eu mesmo levei tempo para entender como isso poderia acontecer. E também não sabia disso até conhecer o projeto de uma das startups que fazem parte da nossa aceleradora, que busca soluções socioambientais desenvolvidas por empreendedores para a construção de um mundo melhor.

Sabendo que não conseguimos resolver as questões ambientais sozinhos, criamos esse projeto para juntarmos os nossos esforços com os de pequenos e médios empreendedores com o mesmo objetivo.

Então, o que fizemos foi ajudar no desenvolvimento das soluções das startups inscritas, que trouxeram novas (e, muitas vezes, intrigantes) ideias em gestão de água, agricultura inteligente, ações climáticas, embalagem circular e empreendedorismo. Ao longo de oito semanas oferecemos treinamentos e mentorias para que elas pudessem potencializar seu trabalho e os projetos como um todo.

Como uma companhia com grande experiência em gestão, entendemos que nosso maior papel seria compartilhar conhecimentos e ferramentas baseadas em nosso modelo de negócio, além de nossa expertise em sustentabilidade e dicas sobre como achamos que os projetos poderiam sair do papel.

Por outro lado, as startups nos mostraram uma percepção e know-how próprios, além de tecnologias e ideias que, se implementadas, podem não só contribuir com avanços para a solução dos problemas ambientais, mas também com as metas socioambientais que queremos atingir até 2025.

Agora, esse período de trocas e treinamentos foi concluído para dar início a uma nova etapa do projeto: das 21 startups que foram aceleradas, 11 puderam apresentar seus projetos para uma banca avaliadora composta por mim e importantes profissionais de sustentabilidade socioambiental e do mundo acadêmico, além de representantes de fundos de investimento de alto impacto. Foi uma grande oportunidade para receberem investimentos e, por que não, serem contratadas por nós como fornecedores. Além disso, a melhor dentre elas foi escolhida para se apresentar no evento “SDGs in Brazil”, do Pacto Global da ONU, em NY.

Todas essas startups já vêm, inclusive, contribuindo para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS, ou SDG, em inglês) da ONU – que apoiamos e estamos alinhados. Acredito que a nossa aceleradora é mais um estímulo para as empresas começarem a inserir ainda mais a sustentabilidade dentro dos seus negócios.

Os desafios que temos são grandes para “não deixar ninguém para trás”, como diz meu amigo Carlo Pereira do Pacto Global da ONU. É preciso pensar na união de esforços entre empresas, governos e sociedade para mudar o mundo. Por isso, acredito que iniciativas como a nossa aceleradora têm o potencial de engajar outros setores a repensarem a sustentabilidade em seus negócios, além de servir de exemplo para que outras empresas também apostem no empreendedorismo sustentável.

Por isso, a reflexão que quero promover aqui é: estamos em um momento crucial para unir propósitos e esforços pela sustentabilidade e nada mais apropriado do que fazer isso conectando gente com espírito empreendedor a organizações inovadoras para juntos construirmos um legado positivo para os próximos 100 anos e mais. Se estivermos todos engajados na mesma causa, conseguiremos chegar lá!Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de Sustentabilidade e Suprimentos da Cervejaria Ambev na América do Sul

Download Nulled WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
Download Nulled WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
udemy course download free
download huawei firmware
Download WordPress Themes
free download udemy course

Confira mais sobre:

Ambev Artigo

Veja também: