Receita

Caldas de açúcar: como chegar ao resultado ideal

Finna ensina dicas importantes para conseguir a consistência perfeita e arrasar no sabor dos seus doces

14/05/2019 12:48

Certas práticas na cozinha são essenciais para conseguir o resultado esperado, principalmente no mérito sabor. A adição de caldas em sobremesas é uma delas. São vários tipos de caldas e jeitos diferentes de utilizá-las, assim como as cremosas ou as caramelizadas, encontradas em inúmeras receitas, por exemplo, em bolos, pudins e até no incremento de alimentos, como a maçã, a pipoca e o amendoim.

O que é em si a calda de açúcar? É o açúcar cozido em uma temperatura elevada específica e manipulada enquanto esfria ou endurece. Por isso, elas podem ficar crocantes ou com a aparência de caramelo. Pode até parecer simples de fazer, mas existem técnicas específicas para deixar a sua calda no ponto certo e não correr o risco de queimar.

Ilustração

Finna, marca de farinhas e misturas para bolo da M. Dias Branco, dá algumas dicas¹ para você preparar uma receita deliciosa e sem erros. Confira:

  • Para fazer doces no micro-ondas, use uma tigela de metal leve para misturas, que não será tão pesada ou reterá tanto calor quanto uma tigela de vidro. A potência varia, então verifique a temperatura da calda com frequência para evitar passar do ponto;
  • Seja bastante cuidadoso quando cozinhar caldas de açúcar. Elas ficam muito mais quentes que a água em ebulição, transbordam e espirram com facilidade, grudam na pele e podem causar queimaduras sérias;
  • Deixe espaço suficiente no fogão. Já sobre a bancada ou mesa retire tudo que pode ser obstáculos. Na hora de derramar a calda, segure a borda da panela perto do novo recipiente ou da superfície, evitando espirrar;
  • Cozinhe as caldas em panelas grandes, com capacidade para muitas vezes o volume dos ingredientes iniciais, que tenham bordas altas o suficiente para garantir à mistura espaço para levantar fervura sem transbordar e largas o bastante a fim de acelerar sua evaporação;
  • Quando medir a temperatura com um termômetro fixo ou manual, certifique-se de que a sua ponta não chegue perto do fundo ou da lateral da panela para evitar leituras equivocadas;
  • Corrija as temperaturas de ebulição para a altitude em que se encontra, caso esteja muito acima do nível do mar. Reduza as temperaturas das receitas em 1ºC para cada 300 metros de elevação;
  • O clima afeta o preparo dos doces. Cozinhas úmidas não são boas opções porque os açúcares absorvem a umidade do ar com rapidez, deixando os doces com textura dura pegajosos e os aerados moles;
  • Para compensar a alta umidade, cozinhe as caldas em temperaturas 1ºC ou 2°C mais altas do que o especificado na receita;
  • Use um pincel de confeitaria umedecido nas laterais das panelas para dissolver e trazer o açúcar cristalizado da calda enquanto ela ferve;
  • Caldas com laticínios devem ser cozinhadas em fogo médio, mexendo sem parar para evitar o fundo da panela;
  • Não tente encurtar o tempo de cozimento com fogo alto, nem deixe a panela sozinha, mesmo que rapidamente, para fazer outras coisas, pois ela pode transbordar ou queimar;
  • Abaixe o fogo conforme a temperatura da calda se aproximar do ponto. A temperatura da calda aumenta mais rápido perto do fim do cozimento, sendo mais fácil passar do ponto;
  • Para interromper o cozimento rapidamente, levante a panela e coloque-a sobre uma pedra ou bancada de cerâmica frias;
  • Acrescente aromatizantes e corantes à calda finalizada para evitar alterar o sabor durante o cozimento.
Download Best WordPress Themes Free Download
Download WordPress Themes
Download WordPress Themes
Download WordPress Themes Free
lynda course free download
download samsung firmware
Premium WordPress Themes Download
online free course

Confira mais sobre:

sobremesa

Veja também: